UFC 155 – Cain Velasquez Vs Junior Dos Santos

Publicado: dezembro 31, 2012 em UFC
Tags:, , , , , , , , , ,

Que cacete!!!!  Meu palpite para a principal luta da noite do UFC 155 era um combate finalizado por um soco bem colocado. O  palpite não está totalmente errado. Após este pequeno “carinho” demonstrado por um direto aplicado pelo mexicano de coração Cain Velasquez (foto ao lado), Cigano apertou o botão “Lango Lango” e foi assim até o último segundo da luta.

Assisti a luta agoniado por ver o brasileiro naquela situação. A cada minuto que passava, Cigano parecia mais pesado. Os socos não encaixavam, as combinações eram previsíveis e suas luvas pareciam pesar 50 kg.

Durante a luta, a crítica “comeu solto” no Twitter e Facebook. O assunto foi rapidamente para os TTs, com várias opiniões sobre uma possível compra da luta. (O que me obriga notar que nós brasileiros em algumas situações agimos como mal perdedores por não valorizar a atuação do adversário).

Confesso que não compreendi a direção que Cigano tomava no combate. Em todas as quedas de sucesso de Cain, o brasileiro insistia em se levantar, ignorando a faixa preta de Jiu Jitsu conquistada no mesmo mês do evento. Em um depoimento após a luta Junior dos Santos falou ao Portal do Vale Tudo sobre isso e assumiu o erro na estratégia:

Acho que o que complicou foi eu não ter uma estratégia minha. Eu fiquei muito preocupado em evitar a estratégia dele, pensar no que ele ia fazer, e acabei ficando sem saber o que eu iria fazer(…)”.  “Devia ter usado meu jiu-jitsu, não ter tentado levantar toda hora, mas o pessoal ficou pedindo para eu levantar. E quando eu ficava tentando defender as quedas, ele me batia no rosto. Eu não consegui conectar um único golpe nele. Não tive a chance de acertá-lo em nenhum momento” .

Velasquez por sua vez, mostrou o porque é dono do cinturão mais “carrasco” do evento! O cara mandou bem na trocação, mostrando um portfólio de sequências de socos, dominou o combate no chão com seu Wrestling afiado, seu Clinch acompanhado por várias sequências de socos, que foram bem agressivas. O combate inteiro ele se manteve no domínio absoluto, esbanjando resistência para pressionar do começo ao fim, não deixando um espaço sequer para o brasileiro respirar. Após 5 rounds, até um leigo sabia que Cigano havia sido derrotado por pontos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s