Posts com Tag ‘Lesão’

Captura-de-Tela-2015-03-21-às-15.42.26A terça feira começou bem agitada para o UFC. Isso porque José Aldo se lesionou em um treino de sparring e está perto de comunicar o seu afastamento da edição 189 do Ultimate Fight Championship que acontece no dia 11 de julho, no qual defenderia o cinturão do penas contra o irlandês Conor Mcgregor. O lutador passou por dois exames em um hospital do Rio de Janeiro e foi constatado uma lesão na costela. Caso esta contusão seja séria, não há nada o que a organização possa fazer, a não ser cancelar a luta principal e rapidamente achar uma solução para tentar “cobrir” uma das lutas mais importantes do UFC em 2015.

Segundo o combate.com, a lesão ocorreu após Alcides Nunes, um dos seus companheiros de treino, aplicar um chute rodado. No meio da execução, Nunes escorregou e acertou a costela de Aldo. O campeão chegou a chorar de dor e abandonou os treinos imediatamente para ir a um hospital.

O UFC 189 estava sendo considerado até então o principal evento do ano, fazendo  a organização bater o recorde de investimento em produção e marketing.

O último evento que gerou maior expectativa do ultimate foi a segunda luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen no UFC 148 em 7 de julho de 2012, onde o brasileiro venceu por nocaute técnico  no segundo round.

 

 

 

1216

Nota do autor: De novo o fantasma do “menisco zoado” passou na  Jackson’s Submission Fighting. A primeira vez foi no UFC 171 com Carlos Condit. O  atleta de Greg Jackson precisava passar por Tyron Woodley para chegar mais perto da liderança do ranking dos pesos meio-médios, mas durante o combate, Condit lesionou o menisco e ainda sofreu uma ruptura total no ligamento cruzado anterior de seu joelho direito.”Dilicia!!”

Carlos Condit está se recuperando da lesão e ainda não foi divulgado nenhuma nota falando o seu estado atual e, nem sequer, uma previsão de quando o atleta voltará ao octógono.


A história do menisco se repete na academia de Greg, porém desta vez envolve o campeão dos meio-pesados, Jon Jones, que está

gustafson_jones_cormierimpossibilitado de lutar em setembro contra Daniel Cormier. Essa poderia ser uma das lutas mais esperadas do segundo semestre deste ano, porém não é preciso se debater por isso,  já que o combate entre Jon Jones e Daniel Cormier foi adiado para 3 de janeiro 2015 no UFC 182 em Las Vegas.

Quem não curtiu essa mudança foi o sueco Alexander Gustafsson. Digamos que o sueco ficou FU***O da vida ao saber que ele não foi escalado novamente para a luta contra  Jon Jones, já que até janeiro, Gustafsson estaria 100% recuperado de sua lesão sofrida, que ocasionou a substituição dele  por Daniel Cormier: – “Acabar de ouvir as notícias de que Jones está machucado e a luta [contra o Cormier] foi remarcada para 3 de janeiro??? Até lá, eu estarei mais do que pronto, essa era a MINHA luta no começo e eu QUERO a luta como o número 1 da categoria. Fim de história”. 

Bom, a luta entre Jones e Cormier está oficializada no site do UFC e não tem conversa. O cinturão está definitivamente continuará na América.

Vamos tentar entender o que aconteceu com o joelho do campeão?

joelho_vista_anteriorGreg Jackson, treinador de Jon Jones,  explicou o que aconteceu: “Jon machucou o joelho durante um treino de wrestling com Alistair Overeem. O campeão pisou de forma errada no chão, girou a perna para o lado errado e caiu.” Jackson classificou a lesão como uma fatalidade do esporte. A “brincadeira” resultou em uma  lesão no menisco e por isso o campeão terá que ir à mesa de operação.

Vocês sabem o que significa uma ruptura no menisco do joelho?? Vamos a uma rápida explicação:

Os meniscos são estruturas que servem como amortecedores entre o femor (osso da coxa) e a tíbia (osso da canela) e foi o menisco medial que o campeão rompeu. A figura ao lado mostra internamente como é o nosso joelho. O rompimento do menisco significa um rasgo em seu corpo e, a função de amortecer os impactos entre as estruturas de sustentação do Femor e da Tíbia, serão alterados.

O que Jon Jones pode estar sentindo?

Deve estar sentindo uma dor grotesca na articulação. Quem já teve problemas com o menisco sabe que esse tipo de lesão obriga o repouso de todas as atividades físicas. Caso isso não seja levado a sério, é possível agravar ainda mais a lesão, o que pode levar a trazer um dano permanente ao campeão.

Sua volta aos treinos depende da resposta de seu joelho com os trabalhos na fisioterapia e a previsão padrão de recuperação para este tipo de rompimento pode der de até 5 semanas.

Espera-se a volta de Jones aos treinamentos até o meio de setembro, dependendo, é claro, da resposta de seus tratamentos fisioterapêuticos.

 Fonte: clinica Deckers\globo.com

unnamed

 

Para esta segunda parte de 2014 o UFC ainda conta com algumas dificuldades, já que a primeira parte do ano foi acompanhada por inúmeros contra tempos.  Tivemos casos de atletas que não puderam lutar por não baterem o peso na pesagem oficial. Também acompanhamos casos de dopping – como o caso de Vitor Belfort e Chael Sonnen  –  porém o que realmente pode incomodar – e muito – Dana White são definitivamente  as lesões que ocorrem durante os treinamentos ou mesmo em combate. Claro que isso não tem dia e hora mas acontece que as contusões envolveram lutadores cruciais que são insubstituíveis para o UFC. Sobrepor lutadores como Anderson Silva, Cain Velasquez, Ronda Rousey ( Rousey se lesionou em sua última luta) e Antony Pettys é  inviável.

Abaixo vamos analisar como está a situação de cada um para saber se alguns dos “lutadores de elite” estão voltando ou ainda permanecerão fora do octógono até o fim de  2014!!!

anderson-silva-lesao

Spider se lesionou em 29 dez 2013 durante o 2 round da luta contra Chris Weidman, pelo UFC 168. Silva sofreu lesões na tíbia e na fíbula e teve de passar por uma cirurgia para a inserção de um pino intramedular na tíbia esquerda.

 

Anderson Silva – 

Começamos 2014 preocupados com Anderson Silva. Isso porque a última luta de 2013 era a tão aguardada revanche entre Spider e Weidman. Muitos pensavam que 2014 iria começar com Anderson Silva recuperando o cinturão, quando na verdade presenciamos a imagem mais Hardcore que o esporte mundial  já produziu em rede nacional. Aquilo foi um tiro no pé do Big Boss do UFC, já que a maior estrela do MMA atual estava fora de qualquer evento do ano. Ah, vale citar que Weidman também se submeteu a uma cirurgia logo após sua luta com Spider mas felizmente sua recuperação foi rápida o bastante para ele entrar no octógono com Lyoto Machida no dia 5 de julho pelo UFC 175.

Anderson Silva volta ao octógono apenas em janeiro de 2015 contra Nick Diaz.

 

 

 

cain-velasquez-cigano-caido
Cain Velasquez, venceu Junior Cigano no 5 períodos, depois de dominar o brasileiro em todos os rounds.

 

Cain Velasquez –

Velasquez, campeão da categoria dos Pesos Pesados, se lesionou em sua última luta feita contra o brasileiro Junior Cigano e se submeteu a uma cirurgia. Após sua recuperação Velaquez ainda ficou sob observação até finalmente ser liberado para lutar dia 15 de novembro na edição de estréia do UFC – México. Cain é americano com ascendência mexicana, o que faz sua presença ser primordial para o UFC neste primeiro momento. Seu retorno será apenas no final do ano no UFC 180 contra o ‘fanfarrão’ “Vai cavalo”, que também é muito popular no país, pois o lutador também acumula a função de comentarista em um canal mexicano.

 

 

Ronda-Rousey-FOTO-Getty-Images_LANIMA20140706_0004_37
Ronda Rousey lesionou a mão direita em seu último combate – no UFC 175 –  e por isso resolveu ir atrás de suas pendências físicas. Tudo indica que campeã permanecerá afastada do UFC até o final do ano.

 

Ronda “Rowdy” Rousey –

Outra injúria que possivelmente vai dar dor de cabeça para Dana White é aquela que envolve a campeã absoluto dos pesos – galo feminino, Ronda Rousey. Ela vinha com um pequeno problema na mão direita que, ao seguir batendo em treinos e lutas até aqui, gerou um cisto.  Após seu último combate – no UFC 175 – contra Alexis Davis, Rowdy  decidiu retirar o cisto e também dar atenção ao seu joelho, que foi lesionado ainda na época do Judô quando tinha 16 anos. Nestes últimos meses –  com 3 lutas em um período de 7 meses – o treinamento foi mais intenso, exigindo um esforço ainda maior sobre a lesão. Segundo a própria lutadora, a decisão é apenas uma precaução para o futuro:  ” …Quanto ao joelho, a cirurgia é mais de manutenção. Não é nada muito sério, apenas uma artroscopia. Posso operar e voltar a andar após duas semanas”, afirmou Ronda.

 

 

 

Johny Hendricks - Foto UFC 2

Jonhy Hendricks levou o cinturão dos médios para casa mas não convenceu a torcida. Agora ele aguarda uma nova oportunidade para fixar o seu nome no UFC.

Jonhy Hendricks –

Com menos popularidade mas com a mesma importância, o dono do cinturão do Meio- Medio, Johny Hendricks também está afastado do octógono. Na luta em que definia o novo campeão dos médios, –  categoria em que George St Pierre abdicou o cinturão – Hendricks por pouco não desistiu da luta. Faltando duas semanas para o combate ele sofreu uma contusão no braço direito, além de fraturar a tíbia logo no primeiro round no combate contra Robbie Lawler. O campeão já está de volta aos treinos e aguarda uma nova oportunidade para defender pela 1 vez o cinturão da categoria neste segundo semestre.

 

 

 

anthony-pettis1-300x200

Conhecido por “Showtime”, Anthony Pettis é famoso por surpreender seus oponentes com golpes plásticos e eficientes. Ele foi o último campeão peso-leve do WEC. Pettis é a grande aposta de Dana White.

 

Anthony “Showtime” Pettis –

Anthony Pettis também se lesionou durante a sua vitória que valia o “titleshot” dos pesos leves contra Ben Henderson em 31 de agosto do ano passado. Após sua vitória,  “Showtime” passou por uma cirurgia no joelho e foi obrigado a cancelar sua primeira defesa de cinturão contra Josh Thompson. Pettis será um dos técnicos da 20ª edição do TUF americano. Ele disse que está no final do processo de recuperação e que inclusive já começou a fazer alguns treinos leves. O lutador aproveitou e  jogou na roda que volta ao octógono  em Las Vegas no UFC 181, dia 6 de dezembro contra Gilbert Melendez no ‘Coin Main Event‘ da noite. A luta principal será mais uma defesa de título de Weidman contra o fenômeno Vitor Belfort.

 

 

 

Fonte: globo.com\uol\wikipédia

No Pain No Gain ?? Bah!

Publicado: março 1, 2014 em Treinos
Tags:, ,

movs escápula

No sábado do dia 22 de fevereiro eu estava em um treino de Jiu Jitsu…..ou pelo menos só minha mente. Naquela altura, meu corpo não me respondia devido à tantas dores que sentia em várias áreas. Costela, parte interna da coxa e peito estava acusando dores musculares de um nível anormal, porém, o meu ombro esquerdo, já lesionado de outros combates e outros esforços na academia, foi o vilão da história. O ponto mais agudo da dor refletia na área da escápula esquerda, o que me impedia a fazer movimentos de levantamento de braço, também tinha dificuldades de movimentação do supino (empurrar para frente) e me impedia contrair e relaxar o ombro para cima e para baixo….na figura abaixo vocês vão ter uma melhor compreensão dos movimentos.

Agora diga para o inconsequente aqui: Como é possível lutar JIU JITSU, evitando os movimentos mostrados na figura ao lado?

Bom, não provocando a dor suficiente (o que já estava quase insuportável) para que eu parasse de me exercitar igual o “Taz Mania”, meu corpo resolveu dar um jeito. Naquele treino (22 de fev), O mestre Thiago (Cicero Costa Team) autorizou o primeiro rola e adivinhem… no primeiro movimento forte do combate entre eu e um colega, minha lombar produziu uma dor aguda intensa que rapidamente refletiu para a perna esquerda. Se eu não sentia antes, aquele dia eu pude sentir os sintomas de hérnia de disco. A dor na lombar veio a partir de uma tentativa de fuga na posição inferior. Meu adversário estava com o seu torax na minha barriga… Foi aí a ideia de fazer o “up” para uma tentativa de raspagem (inversão de posições), mas como a dor no ombro esquerdo era enorme, evitei fazer a força proporcional nos braços para evitar movimenta-lo. Assim o movimento sobrecarregou toda a região lombar e #FUÉÉÉÉÉ….. acabei com o meu treino.  Abaixo é o desenho que representa a posição final da fuga que tentei aplicar. Note que levantei o abdômen para cima, como forma de fazer o meu adversário se descolar do meu corpo, para assim permitir a minha movimentação por baixo. Entendeu a tamanha IMBECILIDADE do atleta aqui? rs rs

Bridge exercise

Pesquisando sobre lombar, descobri que … Ah querido(a) internauta…. você sabia que a dor lombar atingiu níveis epidêmicos na ordem mundial? Já que é de ordem mundial, aqui vamos nós nestes números, rs. .

Pessoal, se este post servir de aprendizado, desejo que isso alerte á vocês, à mim e todos que procuram acima de tudo SAÚDE e QUALIDADE DE VIDA, que a dor muitas vezes pode ser sua melhor amiga. Não a ignore, trate.

Bom, esse não é o fim do mundo. O objetivo agora é  alongar, relaxar e fortalecer a minha lombar através de alongamentos e exercícios. Meu ombro também está recebendo o devido cuidado através da técnica de “hidroterapia”.

Tempo de recuperação – 20 dias sem esporte.. Até lá ficaremos aos cuidados dos profissionais da saúde.

Prometo postar meus exercícios e minha recuperação!

Oss!

Isso é o fim ou o começo de tudo?

Publicado: dezembro 31, 2013 em UFC
Tags:, ,

D94796F835926FD2B0A05A26B97EEBParece que a expectativa que todos estavam na edição 168 do UFC ainda não acabou. Sim, o card já aconteceu, as lutas já foram realizadas, vimos a grotesca lesão sofrida por Anderson Silva e nós (os fãs) continuamos inquietos. Afinal, Spider vai ou não se aposentar?

Parece uma questão fácil de se responder, não? Afinal, é só o cara escrever um tweet falando se continua  ou não a lutar e o papo está acabado. Será que é fácil assim?

 

Outros atletas também passaram pela escolha de desistir ou não do esporte após uma grave lesão, só que optaram por continuar a carreira  e conseguiram provar que a motivação e a superação fala mais alto do que qualquer dificuldade. A recompensa de alguns até triplicou por isso. Não pense que “Ronaldo Fenômeno”  valeu o que vale, apenas pelo fato de apenas jogar bola com genialidade. Sim, ele foi um dos melhores jogadores que passou pela seleção. Mas acima disso, ele venceu suas lesões e manteve a forma (digo, manteve o bom futebol, rs). Como não falar de Rodrigo Minotauro??? Ele que quando garoto foi atropelado e venceu todas as sequelas, sofreu lesões no quadril (em treinos) e no ombro, através de uma Kimura aplicada por Frank Mir, onde lhe custou 16 pinos no ombro. Será que com estes personagens citados acima o campeão irá ter motivação para seguir em frente?

Pensamento para o futuro de Anderson

Imagine que Anderson Silva declare a sua próxima luta contra o vencedor da entre Chris Weidman X Vitor Belfort. Vamos pensar que nessa luta o Spider conquiste novamente o cinturão e após a conquista ele declare aposentadoria. Poderá ele ser o novo ídolo brasileiro? Poderíamos compará-lo (caso isso aconteça) com um ídolo do porte de Ayrton Senna ou Pelé ?

andersonsilva_chrisweidman_lesao_get_95andersonsilva_lesao4_reu_85anderson-silva-sofre-fratura-violenta-na-tibia-e-chris-weidman-mantem-cinturao-em-revanche3e93f54ff26e8a88eeb04356096d91bb