Arquivo de novembro, 2012

Brock Edward Lesnar, o “Urso Americano” marcou a história do UFC com seu tamanho, força e o seu jeito doidão de ser. Antes de entrar para o Ultimate, Lesnar foi lutador de luta-livre e teve o cinturão do WWE Championship. O cara também viveu no mundo do futebol americano,  jogando na pré – temporada com a camisa dos Minessota Vikings, porém não deu muito certo, o “ursinho” foi expulso do time.

Sua história no UFC começa a partir da edição 81 do Ultimate em 02 de fevereiro de 2008 e sua estréia foi marcada como uma das melhores lutas do UFC e a primeira das duas verdadeiras batalhas entre Brock Lesnar e Frank Mir. Na luta, Lesnar usou sua característica explosiva de distribuir golpes rápidos já no primeiro round, conseguindo um bom resultado, porém Frank Mir teve sucesso em aplicar uma chave de joelho! Confira abaixo a finalização e vitória por “TAPOUT” de Frank Mir na estréia contra o  gigante Brock Lesnar!

Essa luta que trouxe a rivalidade entre os 2 porque Lesnar  percebeu que entregou a luta ao deixar a perna direita nos braços de Frank Mir.

Seu segundo desafio foi no UFC 87, onde o americano enfrentou Heath Herring e conseguiu a sua primeira vitória no Ultimate e a chance de Brock disputar o cinturão no UFC 91. Lesnar Vs Couture. No segundo round, os fãs do Ultimate conheceram o novo campeão dos pesos pesados, Brock Lesnar. Após o duelo, os dois campeões se tornaram bons amigos! Para finalizar a primeira parte sobre o grande campeão, vamos relembrar a pesagem do UFC 91!

Anúncios

Em dezembro vamos assistir toda a fúria do mexicano Cain Velasquez contra Junior Cigano! Velasquez, que perdeu no ano passado a posição de número 1 do ranking e o cinturão na categoria  Peso -Pesado para Cigano, assumiu que faz força para “engolir” a derrota para o brasileiro por nocaute no primeiro round.

Para quem não viu a luta, Cain foi para a lona depois de tomar uma direita bem colocada. O mexicano mesmo “out” tentou evitar a queda depois de tomar um cruzado de direta na fonte, mas não teve jeito. Junior dos Santos foi para cima e o juiz foi obrigado a interromper o combate. Confira abaixo.

Minha opinião é polêmica sobre alguns casos onde a vitória não foi convincente! Tivemos a luta entre Vitor Belfort e Anderson Silva, onde o combate se definiu após um chute frontal bem colocado por Anderson em Belfort no primeiro assalto. Vitória merecida ao Spider, mas nada tão técnico como o o encontro prometia. Como um torcedor que aprecia um bom duelo, tenho que torcer por uma nova chance de confronto entre os dois, já que Cain está tendo uma nova oportunidade contra Junior Cigano dos Santos.

Estou muito curioso para ver a revanche do Peso-Pesado. Muitos acreditam que dessa vez Velasquez tentará um combate no solo, já que não vimos a performace de Cigano com as técnicas do Jiu Jitsu.

Assista abaixo o trailer do grande duelo!!!

O UFC 154 foi um evento que trouxe muita expectativa em vários pontos. Muitos aguardavam Anderson Silva subir no octógono e desafiar Georges St-Pierre para um combate, caso o canadense vencesse o combate. Outros aguardavam a volta do campeão dos meio – Médios para o combate contra Carlos Condit, já que o campeão ficou afastado por 19 meses do octógono devido a uma lesão. Pierre veio para a edição do Ultimate muito concentrado e pronto para fazer uma excelente atuação contra o americano Carlos Condit, que foi dominado na maior parte da luta. Na trocação St- Pierre se deu bem, principalmente nos dois primeiros rounds, onde trabalhou muito bem o seu boxe. O canadense também não deixou de levar o combate para o solo, onde não demonstrou tanta dificuldade de fazer um bom trabalho ground & pound nos primeiros assaltos.

No terceiro assalto, Carlos Condit acertou um chute alto em GSP, que caiu mas se recuperou rapidamente. No quinto Round, St-Pierre ainda tentou ir para as costas do americano, porém Condit conseguiu impedir a finalização.

Decisão unânime para o lado de Georges St-Pierre, que levou todos os rounds a seu favor.

Na co-luta principal não tivemos muita surpresa. Johny Hendricks nocauteou Martin Kampmann com uma porrada direta no queixo de Kampmann, que desabou no chão. Johny agora é o desafiante número 1 de Georges St-Pierre, porém esse combate irá demorar, já que todos esperam um combate para MAIO entre Anderson Silva e o canadense!

image Sempre duvidei se Anderson Silva realmente iria dar uma descansada em 2013 para fazer projetos paralelos (como gravar um filme ao lado de Steven Seagal, por exemplo). Primeiro porque no começo da semana o desafiante de Vitor Belfort, Michael Bispin, deu um depoimento solicitando ao chefão Dana White que sua luta com Belfort deveria valer o cinturão interino dos meio-medios, enquanto Spider estivesse afastado. Segundo porque Dana White quer uma próxima luta entre A.Silva e  St. Pierre, caso o canadense vença o confronto contra Carlos Condit neste sábado!
O terceiro ponto é o que mais importa para Dana White e para o Ultimate! Georges St. Pierre é o lutador que mais vende Pay-Per-View.  Uma luta entre Spider e Pierre provável que teria a maior audiência da história do evento. Não esquecendo da expectativa do público sobre um combate entre os dois, já que o cartel do canadense também é invejável. De 24 lutas, Georges foi vencido em apenas duas.

Abaixo tem o depoimento que Dana deu ao canal ESPN!

“- Essa provavelmente vai ser a maior luta da história do UFC.
Definitivamente vai ser o maior público pagante. Nós fizemos 55 mil em Toronto com Georges antes (no UFC 129, em luta contra Jake Shields). Nós tivemos grandes públicos praticamente em todos os lugares que fomos, mas este seria ou um estádio de futebol no Brasil, no Cowboys Stadium (em Dallas, EUA) ou faríamos em Toronto novamente. Estamos curiosos para ver o que podemos fazer”. Dana White ainda jogou a data: -” Provavelmente em maio”.

O chefe ainda espera que SPIDER suba no octógono para desafiar o canadense, ou seja, tudo o que Anderson Silva NÃO queria.

Vamos esperar sabadão chegar para conferirmos quem é mais forte fora da lona, claro!!! #silvavsdana

Últimos dias para mais uma edição do UFC! St.Pierre sobe no octógono para enfrentar Carlos Condit! A expectativa desse evento é a presença de Anderson Spider Silva, que deu motivo para muitos acreditarem que terão chances de ver Spider Silva desafiando St Pierre ao vivo! Anderson afirmou que não irá para o evento com este intuito! Uma pena, não?! Quem sabe se fosse Chael Sonnen, seria capaz de vermos o americano desafia-lo até antes da luta, caso liberassem a hipótese!

Rodrigo Damm, participante do primeiro TUF Brasil também irá lutar no evento no Card Preliminar e corre atrás de uma vitória para chamar atenção e mostrar o seu nome no Championship!

Outro brasileiro é o Rafael dos Anjos, que vem de 3 vitórias e começa a ganhar nome na categoria atual. A mesma de Ben Henderson. Do outro lado estará Mark Bocec e seu Jiu Jitsu afiado. Bocec não foi feliz em alguns combates. Ele já lutou contra Frankie Edgar, Ben Henderson e Jim Miler e acabou levando a pior!

Sabadão à noite no UFC 154, teremos combates de alto nível. Eu particularmente estou na expectativa de ver St.Pierre dentro do octógono novamente para ver o que ele vai mostrar pra gente depois desse tempo afastado,

Abaixo você confere na integra a coletiva do UFC 154 e também o trailer do evento. Os vídeos foram postados pelo canal do UFC no Youtube.

image Parece que as coisas estão se encaixando. Sabe aqueles duelos que colocamos nos jogos de vídeo game, como uma forma de “assistirmos” um combate entre dois grandes nomes do UFC? Pois parece que iremos parar de imaginar uma luta entre Anderson Silva e Jon Jones. Bones está caindo na real de que o público quer ver e viver uma luta entre os dois campeões absolutos em suas categorias e concorda em ir para o combate, apesar de afirmar que não gosta da idéia de ser o cara que vai parar Anderson Silva, ou vice-versa. Já Anderson Silva parece não levar a sério essa possível realidade e sempre usa sua “esquiva” para dribar as perguntas dos jornalistas. Sua resposta foi bem humorada ao afirmar que lutaria contra o americano se o chefão D. White colocasse 50% do UFC em seu nome!

Analisando rapidamente um possível duelo entre os dois, percebemos que esse combate poderia vir com o rotulo de ” A luta do século”, já que os dois carregam um nome muito significativo no mundo MMA.

Jones tem a maior envergadura do UFC, cotoveladas violentíssimas e golpes inesperados. Já Spider tem contra-golpes precisos, excelente boxe e uma impressionante movimentação de pendulo e esquiva.

Uma outra luta que pode acontecer caso o campeão faça sua tarefa contra Cain Velasques em dezembro e nos próximos combates até meio de 2013, é Jones contra Junior Cigano dos Santos. O campeão do meio-pesado deseja subir a categoria no final de 2013 e, caso Cigano consiga se manter como primeiro do ranking do peso-pesado até lá, podemos ver o brasileiro Junior dos Santos e o americano Bones frente-a-frente no octógono!

Essa edição do UFC teve um charme diferente. Estamos sempre acostumados a dormir tarde até concluir todos os combates da edição. Desta vez a tarefa era acordar cedo no sabado e adivinha só: A luta acabou no primeiro round com um soco muito bem colocado, após um contra-golpe aplicado pelo vietnamita Cung Le.

Confesso que não entendi  o que havia acontecido. Apenas ví Franklin caindo igual um tomate. No replay que consegui entender a potência do soco de Cung Le. Sabe quando um jogador de basquete demonstra conciência ao arremessar a bola ao cesto em um lance-livre? Foi exatamente da mesma forma que fez o vietnamita. Após o ataque de Rich Franklin com um chute esquerdo baixo, Le aplicou um cruzado de direita no contra-passo de Rich, que caiu na hora… sim, literalmente!!! (Confira fotos no final do post)

Foi uma luta bem estudada entre os dois ex- campeões dos médios: Rich Franklin do MMA e Cung Le do Strike Force.Para muitos, a vitória de Cung Le  pode não ter convencido totalmente porque o combate acabou em um golpe muito  bem colocado. Bom, se analizarmos dessa forma, Junior Cigano dos Santos e Anderson Silva não seriam os atuais campeões das respectivas categorias no UFC pois ambos obtiveram vitórias importantíssimas: Anderson Silva com um chute certeiro no queixo de Vitor Belfort e Junior Cigano com um soco bem colocado no mexicano Cain Velasques.