Arquivo da categoria ‘Treinos’

Primeiros passos no Muay Thai

Publicado: maio 6, 2015 em Treinos
Tags:,

foto

Nesta semana dei os primeiros passos no mundo do Muay Thai. Confesso que deveria ter começado antes. Alias, poderia ter começado a treinar muito antes, já que aprender esta luta era o meu sonho de criança.

Esses dias eu comecei a pensar  qual foi o primeiro contato que eu tive com o Muay Thai e rapidamente percebi que eu já admirava esta luta desde a minha primeira década de vida. Penso que, se você  assistiu “Kickboxer“, grande sucesso de Jean Claude Van Damme, provável que também já tenha desejado  aprender a arte marcial que é capaz de derrubar uma árvore na base da canelada.

O que pude compreender do Muay Thai até aqui, é que “o simples pode ser vantajoso.” Não existe frescura nesta luta! A parada é chegar, aprender combinações e soltar a criatividade com o amplo leque de sequências que podem ser feitas usando socos, soladas, joelhadas e chutes e caneladas. Quanto mais treino, maior o leque de golpes.

Bom. Depois da aprender o básico, resolvi praticar o que havia aprendido. Como no primeiro treino aprendemos a combinação de Jab, direto e jab direto e chute, me preocupei em recapitular exatamente isso. Claro que já achei muitos erros mas aos poucos eu vou aperfeiçoar os movimentos.

 

 

O que é CORE?

Publicado: novembro 10, 2014 em Treinos
Tags:, , ,

iceskatingresourcesQuando descobri que estava com hérnia de disco, muitos me falavam que para resolver meu problema eu deveria fortalecer a região do core. Só com o fortalecimento necessário e eu iria controlar a dor e dominar este problema crônico. Na época eu não sabia qual era esta região. Vendo isto, usarei este post para abordar rapidamente este assunto. Afinal, o que é core?

Em minhas pesquisas sobre o assunto, descobri que o core é o centro do nosso corpo. Nesta região, compõe-se um conjunto de músculos que, juntos, são responsáveis pelo nosso equilíbrio e adequação postural do tronco em qualquer movimento… – Como assim, Fernando?? – Basicamente, são músculos que ficam na região abdominal, pelve frente, pelve atrás e medial, que agem quando nos abaixamos, viramos ou movimentamos o nosso corpo para qualquer direção ou ângulo. Quando não colocamos este conjunto de músculos para nos auxiliar em nosso dia a dia, certamente o peso irá refletir inteiramente na região lombar, causando dores na região, podendo levar à tão temida Hérnia de disco.  Para facilitar a compreensão, é só dar um look na figura ao lado.

A grande sacada que percebi em minha reabilitação foi o seguinte: Não é o fortalecimento que vai tirar aquela dor que permanece durante as 24 horas do dia e sim  a resistência muscular que agregamos nesta região, o que fará a substituição da carga que a região da lombar se submete diariamente. Ou seja, os músculos que compõe o core irão trabalhar, resultando assim uma mínima carga na região lombar. Com isso o disco não sofre a mesma pressão que sofria a tempos atrás, através  de má postura e movimentação mecânica errada.

Clique no link abaixo para conhecer alguns exercícios que ajudam no fortalecimento do core!

Exercícios para fortalecimento da região do core

Créditos de imagem: iceskatingresources.com.br

Por que confundem Jiu Jitsu com MMA?

Publicado: setembro 25, 2014 em Treinos
Tags:,

unnamed (5)Nota do autor – Combinei de fazer alguns rolas na academia de meu prédio com alguns amigos que praticam Jiu Jitsu. Era um final de semana ensolarado e estávamos empolgados por termos conseguido nos reunir logo de manhã. Todos nós estávamos prontos para ter uma manhã focada em aprender novas técnicas e fazer algumas lutas amistosas, sem nos limitarmos com o tempo no tatame. Queríamos apenas treinar e conversar.  Na hora de pegar a chave da academia, o sindico me perguntou que luta iríamos treinar. – “Nós vamos fazer um treino de Jiu Jitsu” – disse à ele. A expressão do senhor mudou. O sindico fechou a cara, franziu as sobrancelhas e disparou: “- Não quero ninguém saindo da academia sangrando. Isso é uma brutalidade… –

Bom, provável que o leitor que pratica Jiu Jitsu já deve ter passado por situações onde alguém confundiu o Jiu Jitsu com MMA. Porque essa ligação? É o que vamos abordar neste post !!!


Porque as pessoas confundem o Jiu Jitsu com o MMA?

Bom, é uma boa discussão, não?! Para entendermos melhor o motivo dessa confusão toda, sugiro que voltemos ao passado para relembrar a história do Jiu Jitsu, para então chegarmos a uma conclusão mais plausível sobre este assunto.

Segundo Carlos Gracie Junior, o Jiu Jitsu tem registros a partir do ano 2000 A.C.. Doido, não? A arte sempre esteve nas gerações passadas e, claro,  sofreu várias modificações até chegar no Brasil, no ano de 1914. Carlos Gracie foi o primeiro brasileiro a ter acesso a arte suave. Ele aprender e passou a seus filhos. Um deles era Helio Gracie. A história todos conhecem: Ele aprimorou ainda mais a precisão e desenvolveu uma forma onde uma pessoa pequena e com pouca habilidade muscular, pudesse desafiar de igual para igual um lutador mais forte. Essa foi a grande sacada! A técnica, agora atualizada por Hélio, era infalível. Tão infalível que a família Gracie desafiava qualquer mestre de qualquer arte marcial a desafiá-los a um duelo. O ganhador levaria uma fita com a gravação do duelo e todo o prestígio que era posto em jogo naquele combate. Foram anos fazendo esse teste, até chegarmos em  1993. Data em que o Jiu Jitsu  passaria pela sua maior provação. Teríamos naquele ano o primeiro MMA legalizado da história, com lutadores representando outras modalidades. Começava naquele momento a era MMA. Naquele tempo conhecido como “Vale Tudo”.  O representante do Jiu Jitsu foi nada mais nada menos que Royce Gracie, que não só foi o primeiro campeão da história do MMA, como provou a eficácia da nova arte, agora apresentada ao mundo. Como aquele garoto poderia bater em gigantes??? Como seria possível alguém estar em vantagem, mesmo estando por baixo em uma luta no solo?? A partir daquele dia, o conceito de luta profissional mudaria para sempre e o Jiu Jitsu alcançaria uma abrangência mundial.

O grande passo foi dado. O Jiu Jitsu  andou entrelaçado com o MMA e com isso os maiores e melhores profissionais aprovaram e aprenderam a arte suave para então entrar no octógono com um conhecimento de luta de solo, deixando-os ainda mais completos. A tentativa de o Jiu Jitsu ter seu nome e andar na própria sombra começa a transparecer. Apenas os leigos não enchergam a diferença e acabam por assimilar que é tudo a mesma coisa.  Quem sabe esta dúvida estaria extinta ao ser um esporte olímpico?  É só uma suposição, claro. Até lá, nós jiu jiteiros ainda faremos muito aquele tipo de expressão (da foto) quando leigos afirmarem que tudo é a mesma coisa.

Como adquirir Hérnia de Disco?

Cada caso é um caso. Na minha situação a crise começou após uma queda de roller. Em uma infeliz manobra no Half-Pipe, fui de quadril ao chão de concreto e o barulho oco de osso batendo no cimento ecoou nos meus ouvidos. Que dor da p****!!! Foi ali que minha lombar acusou algo errado. Lembro-me que saí com dor no “Pipe”, tirei o patins e fui para casa com muita dificuldade para dirigir. Minha perna esquerda começou a se tornar sensível a movimentos e pisar na embreagem se tornou a minha maior “aventura” naquele momento. Eu sentia uma mistura de dor muscular com fisgadas no músculo que corria a perna inteira, chegando até o pé esquerdo.

Fui ao médico e a partir de lá comecei uma bateria de exames. Dentre eles, a ressonância magnética. Bingo…. Ali estava a danadinha. Era a primeira manifestação de uma possível Hérnia de Disco, que até então não estava desenvolvida. Ainda que o disco tenha apenas encostado no nervo, a dor era grande. Não. Não estou falando que a pancada foi responsável pela lesão, mas sinto que aquele momento  foi o ‘starter’ para futuros longos meses de reeducação postural, dores crônicas e muita paciência e foco.

Passei a frequentar clínicas de fisioterapia que eram cadastradas  no meu plano de saúde. O grande “X” da questão está exatamente aí: Um problema como Hernia de Disco merece uma atenção privilegiada, o que não acontece em clínicas deste perfil, devido a grande demanda de pacientes. Enquanto eu estava sendo tratado, mais 12 pessoas também exigiam os mesmos cuidados pela única fisioterapeuta da clinica.

#FicaDica – Minha dica é procurar uma fisioterapeuta especialista em coluna. Geralmente profissionais com este tipo de especialização não são conveniados a nenhum plano, exatamente para ter o tempo cabível em um atendimento exclusivo e individual, ou seja, o custo é responsabilidade do paciente. Claro que temos que pesar na balança o que é mais importante. No meu caso achei o preço apenas um detalhe, comparado com a dor que sentia diariamente.

Depois de uma preciosa indicação de uma velha amiga, conheci a doutora Juliana Ferrarosse. Em sua clinica, trabalhamos alongamentos e fortalecimentos durante as sessões e, em períodos diferentes, fui instruído a  fazer alguns exercícios de complemento ao tratamento. Após 12 sessões eu alcancei 80% de meus movimentos. Parecia um milagre, já que a 2 semanas atrás eu não levantava do sofá nem para pegar o controle remoto da tv.

Com a autorização previamente acertada com minha fisioterapeuta, posto abaixo alguns exercícios que me foi passado para que você possa ter uma ideia de quais posições podem ajudar a fortalecer a lombar e, com isso, evitar grandes problemas na região inferior da coluna. Ah, estas séries abaixo foram acompanhadas por uma profissional que focava a MINHA às minhas necessidades. Portanto, nem sempre a minha dificuldade pode ser a sua ou vice-e-versa.

– Exercícios para lombar;

Exercícios para fortalecer a lombar;

Exercícios para fazer em casa.

 

unnamed (1)

Ponte – Exercício que trabalha o alongamento da região anterior do corpo, fortalecimento da parte posterior do corpo, Ativação dos músculos locais e estabilizadores profundos, re-educação funcional e mobilização da coluna em flexão – (www.pilatesbylu.blogspot.com.br)

unnamed (2)

Prancha lateral e frontal isométrico, ou seja, sem movimentação ou flexão do quadril. Este exercício é voltado para a musculatura profunda do tronco. Eles atuam diretamente com o fortalecimento e estabilização dos músculos abdominais, músculos lombares, estabilizadores da coluna e músculos profundos do tronco. (Fonte de conteúdo – Blog Fitnova)

unnamed (4)

Superman – Exercício isométrico postural, ou seja, sem movimentação durante sua execução. Este exercíciotrabalha eretores da espinha, glúteo maior, isquiotibiais. (Fonte de conteúdo – musculação.net)

Image

Este exercicio permite alongar suavemente o tecido conjuntivo em torno de suas raízes nervosas. Praticar esta posição me ajudou a trabalhar a coordenação de movimentos da minha coluna.(Fonte de Conteúdo – Blog -Consultório de osteopatia)

 

unnamed (5)

Relaxamento da coluna lombar e descompressão das vértebras após a sequência de exercícios. Esta posição alivia dores e tensões.

Sem títuloHoje tive uma noticia que me fez olhar para trás e afirmar que o meu objetivo foi totalmente alcançado! Não só perdi 18 quilos, como atingi nesta semana os tão difíceis e cobiçados 10% de percentual de gordura corporal. 

Tudo começou em dezembro de 2012. Subi na balança e bati 96 quilos. Um tanto quanto pesado para quem hoje permanece nos 78 quilos, não?! O segredo foi compreender 3 coisas. A primeira foi: 
“Você é o que você come.” O que você consome de caloria, gordura, sódio, etc, em excesso, diz como vai ser o seu corpo. Não adianta outros esforços caso a boa alimentação seja ignorada.

Descanse o corpo e a mente Você não é o “Hancock” e não vai se recuperar com qualidade após o exercício ou então certamente não estará pronto para enfrentar qualquer desafio próximo ao seu limite. Portanto, descanse bem.

Exercite-se Muito, claro… Se você quer ter um corpo legal, essa é a hora de você moldar. Não importa o tempo que tem para a pratica esportiva. Comece com meia hora por dia e concentre-se sempre em superar os desafios diários.

Bom treino pessoal! ! !

No Pain No Gain ?? Bah!

Publicado: março 1, 2014 em Treinos
Tags:, ,

movs escápula

No sábado do dia 22 de fevereiro eu estava em um treino de Jiu Jitsu…..ou pelo menos só minha mente. Naquela altura, meu corpo não me respondia devido à tantas dores que sentia em várias áreas. Costela, parte interna da coxa e peito estava acusando dores musculares de um nível anormal, porém, o meu ombro esquerdo, já lesionado de outros combates e outros esforços na academia, foi o vilão da história. O ponto mais agudo da dor refletia na área da escápula esquerda, o que me impedia a fazer movimentos de levantamento de braço, também tinha dificuldades de movimentação do supino (empurrar para frente) e me impedia contrair e relaxar o ombro para cima e para baixo….na figura abaixo vocês vão ter uma melhor compreensão dos movimentos.

Agora diga para o inconsequente aqui: Como é possível lutar JIU JITSU, evitando os movimentos mostrados na figura ao lado?

Bom, não provocando a dor suficiente (o que já estava quase insuportável) para que eu parasse de me exercitar igual o “Taz Mania”, meu corpo resolveu dar um jeito. Naquele treino (22 de fev), O mestre Thiago (Cicero Costa Team) autorizou o primeiro rola e adivinhem… no primeiro movimento forte do combate entre eu e um colega, minha lombar produziu uma dor aguda intensa que rapidamente refletiu para a perna esquerda. Se eu não sentia antes, aquele dia eu pude sentir os sintomas de hérnia de disco. A dor na lombar veio a partir de uma tentativa de fuga na posição inferior. Meu adversário estava com o seu torax na minha barriga… Foi aí a ideia de fazer o “up” para uma tentativa de raspagem (inversão de posições), mas como a dor no ombro esquerdo era enorme, evitei fazer a força proporcional nos braços para evitar movimenta-lo. Assim o movimento sobrecarregou toda a região lombar e #FUÉÉÉÉÉ….. acabei com o meu treino.  Abaixo é o desenho que representa a posição final da fuga que tentei aplicar. Note que levantei o abdômen para cima, como forma de fazer o meu adversário se descolar do meu corpo, para assim permitir a minha movimentação por baixo. Entendeu a tamanha IMBECILIDADE do atleta aqui? rs rs

Bridge exercise

Pesquisando sobre lombar, descobri que … Ah querido(a) internauta…. você sabia que a dor lombar atingiu níveis epidêmicos na ordem mundial? Já que é de ordem mundial, aqui vamos nós nestes números, rs. .

Pessoal, se este post servir de aprendizado, desejo que isso alerte á vocês, à mim e todos que procuram acima de tudo SAÚDE e QUALIDADE DE VIDA, que a dor muitas vezes pode ser sua melhor amiga. Não a ignore, trate.

Bom, esse não é o fim do mundo. O objetivo agora é  alongar, relaxar e fortalecer a minha lombar através de alongamentos e exercícios. Meu ombro também está recebendo o devido cuidado através da técnica de “hidroterapia”.

Tempo de recuperação – 20 dias sem esporte.. Até lá ficaremos aos cuidados dos profissionais da saúde.

Prometo postar meus exercícios e minha recuperação!

Oss!

Manutenção na carcaça!!!

Publicado: fevereiro 14, 2014 em Treinos
Tags:,

20140221-163930.jpg

Andei sumido nos últimos 2 dias por motivos de saúde. Caaaalma, não vou morrer, rs.
Estou frequentando os laboratórios e clínicas especializadas em ortopedia esportiva e, após uma bateria de exames, descobri que minha coluna merece uma atenção especial na região lombar. Mais especifico, nos ligamentos L2 -L3 a L5-S1 por causa de sobrecarga mecânica. Mas “pera”, não pensem que isso decorreu por causa da academia, esportes, etc. Isso ocasionou devido à anos com a postura errada. Sabe aquela postura errada na cadeira do trabalho ou no sofá da sala de tv, ou então a tv que você carregou sozinho porque falaram “- Esse menino é forte!”? Pois é. Acabei tendo essa pequena lesão, devido à cargas passadas.

O próximo passo é me cuidar. Para isso terei 10 sessões de fisioterapia.

Irei postar a minha evolução para vocês.  Ah, mas fiquem tranquilos. AINDA não é nada grave. As sessões de fisio é para alongar e fortalecer e não precisarei parar com o esporte!

Pessoal, saúde não está APENAS no esporte, mas também nos seus cuidados e precauções.

FREQUENTE SEMPRE O MÉDICO!!!